Confira os contratados e promovidos, na semana do turismo
13 de julho de 2019
o recém-inaugurado Palácio da Anunciada
13 de fevereiro de 2020
Mostrar Tudo

1-)Destinos Alternativos

A busca por lugares menos conhecidos para tentar reduzir o excesso de turistas e assim proteger o meio ambiente dará um salto no próximo ano. 51% dos viajantes brasileiros querem contribuir para reduzir o turismo excessivo, sendo que 53% deles estariam dispostos a mudar o destino escolhido por uma alternativa parecida, mas menos conhecida, se soubessem que isso resultaria em um menor impacto ambiental. Além disso, para terem inspiração, quase 3 em cada 4 brasileiros (74%) gostariam de ter acesso a um serviço (seja um app ou website) que recomendasse destinos onde o aumento do turismo poderia impactar a comunidade local de forma positiva.

 

2-)Tecnologia

7 em cada 10 brasileiros entrevistados esperam que a tecnologia promova a possibilidade de que eles recebam sugestões de viagens surpreendentes e com novas experiências. 59% disseram que pretendem usar apps que facilitem as viagens. Um número parecido (55%) pretende usar um app que possibilite o planejamento de atividades com antecedência, para encontrar tudo o que precisa em um só lugar.

3-)Transporte

Em 2020, mais da metade (56%) dos turistas do País planeja utilizar meios de transporte mais lentos para reduzir o impacto do seu deslocamento no meio ambiente. Mais de 7 em cada 10 (72%) também dizem que preferem fazer um caminho mais longo para curtir melhor a experiência de locomoção. Por isso, haverá procura por meios de transporte que atendam a um ritmo mais tranquilo: bicicletas, bondinhos, trenós, barcos e também passeios a pé. Inclusive, 62% desses viajantes não se importam em enfrentar um tempo maior de deslocamento até o destino se tiverem a opção de usar um meio de transporte especial. Da mesma forma, ¾ dos brasileiros (75%) dizem que estariam interessados em se sentir em uma máquina do tempo ao fazer viagens em trens históricos.

 

4-)Experiências mais amplas

Ao invés de escolher apenas um tema para as viagens, os turistas vão buscar experiências mais amplas, em destinos que ofereçam um grande leque de atrações. Mais de metade (58%) dos brasileiros dizem que querem fazer uma longa viagem a apenas um destino em que lugares para ver e suas atividades favoritas estejam próximos. Além disso, 64% dizem que escolheriam um destino com essas características para economizar no tempo de deslocamento.

5-)Pets

Quase dois terços dos brasileiros (65%) que têm um bichinho de estimação dizem que seu pet é tão importante quanto um filho – o número é 10 pontos acima da média global (55%). 51% desses brasileiros com animais de estimação concordam que, no próximo ano, a escolha de seu destino de viagem dependerá da possibilidade de levarem ou não seus pets junto. Mais do que isso: um número ainda maior (59%) diz que estaria disposto a pagar a mais por uma acomodação pet-friendly.

 

6-)Encontro de Gerações

Oito em cada 10 (81%) dos avós concordam que se sentem rejuvenescidos ao passar tempo com os netos. Além disso, 70% deles acreditam que os pais precisam, de vez em quando, tirar uma folga dos filhos. Combine isso com o fato de que, hoje, as gerações mais velhas são mais saudáveis, mais aventureiras e estão mais dispostas a permanecer jovens e ativas. A tendência portanto, é de que os avós comecem a fazer mais viagem com os netos.

7-) Gastronomia

No próximo ano, muitas pessoas vão deixar o estômago falar mais alto ao decidir pelo destino de viagem e farão de tudo para abocanhar uma reserva em restaurantes conceituados. Tanto o destino quanto a época da viagem vão depender da possibilidade de reservar uma mesa nos restaurantes mais renomados. A gastronomia local também será destaque, uma vez que 78% dos brasileiros entrevistados consideraram importante consumir alimentos produzidos localmente quando estão viajando.

😎 Melhor idade na estrada

Com a aposentadoria se desvinculando cada vez mais do abandono do mercado de trabalho e a quantidade de pessoas que estão se planejando para aposentarem-se mais cedo, a tendência é que uma quantidade maior de pessoas mais velhas comecem a viajar. Mais de três quartos (77%) dos viajantes brasileiros dizem que viajar será a melhor forma de aproveitar o tempo livre que terão com a aposentadoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>