25 Dicas de como montar uma agência de turismo

25 Dicas para montar uma agência de turismo
10 de agosto de 2017
25 Dicas de como montar uma agência de turismo
10 de agosto de 2017
Mostrar Tudo

Aqui vai a segunda dica de como montar uma agência de turismo

2 – Mercado

A prestação de serviços de turismo receptivo é hoje uma das atividades mais atrativas do setor terciário. Há uma procura crescente por esse tipo de serviço, que se mostra cada vez mais sofisticado e exige muita atenção aos detalhes. O mercado está vivendo um período de transição e muitas empresas ainda não se deram conta de que precisam fazer mais do que emitir passagens.

A Organização Mundial de Turismo – OMT– prevê que em 2020 o turismo ao redor do mundo será responsável mais de 2 trilhões de dólares de faturamento por ano. Nada mal para um setor que na década de 50 era incipiente.

Esse boom no turismo está acontecendo porque as pessoas, principalmente as que moram nos países em desenvolvimento, resolveram sair do seu dia-a-dia e conhecer o mundo, ou ainda, “conhecer seu próprio país”, principalmente em referência ao Brasil. O crescimento deste mercado é uma excelente notícia não só para quem está ligado diretamente ao negócio, como os hotéis e as empresas de transporte, mas também para outros tantos setores da economia que estão indiretamente envolvidos.

Já o mercado de eventos é o principal propulsor do segmento de turismo receptivo. E cada vez mais as instituições públicas e privadas reconhecem a importância da realização de eventos para divulgar uma marca, estreitar relacionamento com clientes, valorizar funcionários e celebrar resultados e parceiras estratégicas. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Eventos (Abeoc), o mercado vem apresentado taxas anuais de expansão de 10%. A Federação Brasileira de Conventions & Visitors Bureau estima que a movimentação anual do setor de eventos ultrapasse os R$ 30 bilhões somente em São Paulo

Por todo esse impacto, o turismo está sendo considerado o maior empregador mundial da atualidade. De cada dez trabalhadores no mundo, pelo menos um está ligado a esse segmento.

É necessário que as empresas e os empresários estejam em constantes mutações, pois se torna imperioso adequar ao que o mercado espera das agências de turismo receptivo, sendo, portanto, fundamental que o empresário tenha a percepção exata dos anseios dos consumidores, trabalhando desta forma quase que com a previsibilidade de desejos de terceiros para o futuro.

Devido ao risco intrínseco ao negócio, recomenda-se a realização de ações de pesquisa de mercado para avaliar a demanda e a concorrência. Seguem algumas sugestões:

• Pesquisa em fontes como prefeitura, guias, IBGE e associações de bairro para quantificação do mercado alvo;

• Pesquisa a guias especializados e revistas de de turismo. Trata-se de um instrumento fundamental para fazer uma análise da concorrência, selecionando concorrentes por bairro, faixa de preço e especialidade;

• Visita aos concorrentes diretos, identificando os pontos fortes e fracos dos estabelecimentos que trabalham no mesmo nicho;

• Participação em seminários especializados.

Clique aqui e saiba a próxima dica de como montar uma agência de turismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>