Ministro do Turismo é nomeado por Bolsonaro: Marcelo Álvaro

De a janeiro a outubro, as aéreas brasileiras transportaram 7,7 mi em voos internacionais
De a janeiro a outubro, as aéreas brasileiras transportaram 7,7 mi em voos internacionais
28 de novembro de 2018
Siga essas 8 dicas e tenha voo mais produtivo
18 de janeiro de 2019
Mostrar Tudo
Ministro do Turismo é nomeado por Bolsonaro Marcelo Álvaro

Ministro do Turismo é nomeado por Bolsonaro Marcelo Álvaro

Marcelo Álvaro, o deputado federal por Minas Gerais, foi confirmado por Bolsonaro nesta quarta-feira, como Ministro do Turismo no próximo mandato. Do mesmo partido de Bolsonaro, presidente do diretório mineiro do PSL, Marcelo Álvaro obteve em outubro desse ano, 230 mil votos.

Havia uma dúvida desde as primeiras movimentações de transição do governo, se o MTur sobreviveria dos ministérios que o presidente eleito, Jair Bolsonaro propunha ao longo de sua campanha. Diante do forte lobby da frente parlamentar em favor do Turismo, após idas e vindas, o político mineiro foi nomeado nesta quarta-feira.

Em Brasilia, diante de representantes do trade turístico brasileiro e deputados federais, Marcelo Álvaro agradeceu o apoio dado ao seu nome.
Uma de suas promessas é “viajar aos Estados para entender a realidade de cada lugar, para conseguir potencializar o mandato de cada um de vocês, mas também o Turismo em cada Estado”.

Marcelo Álvaro contou com a presença do próprio presidente eleito para ser anunciado, o que não aconteceu com outras pastas, que tiveram suas chefias anunciadas por redes sociais.  O encontro foi realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).  Aproveitando esse momento e a reunião de políticos que defendem a indústria do Turismo no parlamento nacional, Jair Bolsonaro passou para confirmar a nomeação e cumprimentar os presentes.

teste gratuito

O atual ministro extraordinário de transição e futuro Chefe da Casa Civil, o deputado Onyx Lorenzoni comentou a nomeação de Marcelo Álvaro: “Bolsonaro sempre defendeu a idéia que no Brasil, o governo olhasse especial para o Turismo, pelas possíveis geração de emprego e renda, e para que o País pudesse desenvolver esse círculo de comércio tão venturoso, assim como os países asiáticos, a Espanha e tantos outros.”  Os brasileiros viajantes estão cada vez mais confiantes, e com essa nomeação, acredita-se que essa confiança só aumentará.

A manutenção do Turismo com status de ministério, no trade, é tida como uma vitória após a cogitação da pasta a se fundir com Meio Ambiente, Esporte, Cidade e Integração Nacional. O atual chefe da pasta, Vinicius Lummertz  comemorou e agradeceu a todo o trade por essa vitória.

O Ministro do Turismo eleito, Marcelo Álvaro Antônio tem 44 anos, é o segundo nome do PSL, partido de Jair Bolsonaro, a receber uma indicação a um ministério – o primeiro foi para Secretaria Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. O currículo de Álvaro Antônio, conta com suas passagens por MDB, PR, PRP e atualmente integra a frente parlamentar evangélica no Congresso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>