Pintadas de roxo, ilhas coreanas atraem turistas e idosos se divertem

Atividade Turística cresce pelo 9º mês seguido, mas ainda não repõe perdas da pandemia
11 de março de 2021
Viagem em 2021: o ano de microtendências de turismo
24 de março de 2021
Mostrar Tudo

Casas, estradas, pontes e roupas roxas, todas espalhadas pelas ilhas Banwol e Bakji, no sudoeste da Coreia do Sul. Desde 2015, o condado de Shinan tem investido 4,25 milhões de dólares (R$ 24 milhões) para colorir o lugar, homenageando a Campainha da China, típica deles, e tornando o local uma atração turística.

Para uma dupla de ilhas pequenas e tranquilas, com pouco mais de cem habitantes, a vida desde 2019 tem sido diferente, com mais de 487 mil turistas visitando-as, segundo dados oficiais. Além das construções, telhado roxo, arroz roxo, pratos roxos e lavanda, uma flor roxa, foram colocados para complementar a decoração.

“Idosos como nós têm uma vida isolada aqui, já que todos os jovens deixaram a cidade. Fico feliz em ver jovens e crianças visitando nossa cidade. Eles são todos como meus netos”, disse o morador Shin Deok-im, de 79 anos, que mora na ilha Bakji há mais de 60 anos.

Três passarelas roxas conectam ambas as ilhas à maior próxima a ela. Ao longo da travessia, os turistas podem descansar em bancos decorados com a frase “Eu roxo você”, popularizada por Kim Tae-hyung, membro da banda BTS, que significa “Eu confio, amo e apoio você”.

“Todas as manhãs eu me visto de roxo da cabeça aos pés, incluindo minha cueca e sapatos, e isso me deixa feliz”, disse o residente Jung Soon-shim, de 88 anos. Visitantes com roupa roxa podem entrar gratuitamente nas ilhas.

Bia
Bia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>